sexta-feira, 18 de junho de 2010

Um dia ninguém se importará conosco

Eglitz

Como a vida é intrigante!

Depois de termos vivido mais da metade de nossa vida, se nos empenharmos um pouco vamos descobrir que as pessoas que fazem parte dela, em determinado momento já não se importarão mais conosco tanto quanto no principio, ou, tanto quanto gostaríamos que se importassem.

Não importará quão perto seja o grau de parentesco, tanto faz – mãe, pai, filho, esposa irmãos ou amigos – qualquer que seja, um dia irão embora para sempre das nossas vidas e já não quererão saber mais se estamos bem ou mal.

Vamos aprendendo com o tempo a cruel verdade que a ligação das pessoas queridas conosco, é simplesmente pelo tamanho da sua dependência de nós, ou vice versa.

Somos crianças ainda tentando e querendo acreditar que existe aquele amor incondicional que nos liga as pessoas. Cedo ou tarde descobriremos que esse amor estava muito longe de acontecer. A única verdade que subsistirá é que somos criaturas humanas vivendo e aprendendo. E conforme vivemos, vamos em busca de coisas e pessoas que nos tornem mais felizes.

Felizmente hoje já sabemos que uma paixão poderá durar menos de dois anos. Os relacionamentos que perduram após esse período, subsistem por conta do filho que veio ou virá, das contas, e algum outro interesse. Mas aquele fogo do principio já não existe mais. Aquele desejo de dormir abraçados a noite inteira já passou, e dificilmente voltará. Restarão apenas formalidades e aparências.

Os filhos vão crescendo e infelizmente em muitos casos, as alegrias que trazem aos pais são bem menores que as tristezas. É cruel mas é verdade, que a maioria dos filhos não se importam com seus pais. Eles querem viver simplesmente as suas vidas sem responsabilidade alguma, e de preferência sem a interferência destes. O que faz com que eles deem as caras às vezes, é a sua dependência dos velhos apenas. Porque dependem muitas vezes da casa e da comida dos pais. Da roupa lavada e da cama limpa que a mãe sempre proporciona.

Não existe e nunca existirá aquilo que dizem ser a pessoa ideal. O que existe apenas é uma ilusão que vai sumindo de acordo com os anos que vão passando. Tudo é muito lindo no começo. Tudo muito “caliente”, porém o fogo vai se apagando, e aquele que era para ser um amor eterno, torna-se passageiro. Ficamos por mentirosos aos nossos próprios olhos, pois nos enganamos com nossos sentimentos.

Se os filhos foram embora para nunca mais voltar, é porque se tornaram independentes, e ganham agora o seu próprio sustento. Se os amores passaram é porque nunca foram eternos. Eram simplesmente promessas de pessoas que momentaneamente dependiam de outras para sobreviverem. As mulheres não vão embora só porque dependem da segurança que os homens lhe proporcionam, - e não estão com eles simplesmente porque adoram lavar as suas cuecas sujas, ou porque amam as suas rugas e cabelos brancos. Um homem não fica uma vida inteira
com uma mulher, simplesmente porque ama as sua celulite ou as suas varizes. As pessoas vão embora porque descobrem coisas e emoções diferentes que lhes proporcionam maior alegria.
Um alerta da vida! Ela pode nos trazer surpresas um tanto desagradáveis. E não se esqueçam que: “O nosso primeiro e último amor é... o amor-próprio”.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

UM DIA CHORAREMOS...

Um dia choraremos...
Por todas as vezes que deveríamos ter sorrido mas não sorrimos.
Por todas as vezes que deveríamos ter chorado mas não choramos.
Por todas as vezes que deveríamos ser humildes mas não fomos.
Por todas as vezes que deveríamos ter sido fortes mas não fomos.
Por todas as vezes que deveríamos ter pedido desculpas mas não fizemos.
Por todas as vezes que deveríamos ter enxugado as lágrimas de alguém mas não o fizemos.
Por todas as vezes que deveríamos ter amado ainda mais, mas não fizemos.
Por todas as vezes que deveríamos ter ficado calados, mas abrimos a nossa boca e ferimos alguém com as nossas palavras.
Por todas as vezes que deveríamos ter estendido a mão ao necessitado e não fizemos.
Então choraremos mais ainda por saber que já é muito tarde para nos arrepender.
Eglitz

sábado, 15 de agosto de 2009

VALORES TRANSITÓRIOS

por: Eglitz

Se formos refletir um pouco, logo observaremos que a maioria das pessoas vivem mais iludidas do que conscientes. Esquecemos da transitoriedade da vida física, e ocupamos todo o nosso tempo a buscar coisas que não terão valor algum na hora que mais precisamos.

A busca desenfreada por "valores" materiais, faz com que esquecemos de regras básicas para a sobrevivência sadia da raça humana sobre a terra. A melhor casa, o melhor salário, o melhor carro, a luta pelo poder, tem sido o objeto dos maiores distúrbios sociais dos nossos dias.

Desde muito cedo aprendemos que vivemos em mundo competitivo, onde sobreviverão somente os mais fortes, os mais inteligentes e audaciosos. A pseudo crença que vivemos em um mundo para digladiarmos com nossos semelhantes, faz que ignoremos o valor perene do amor.
Poderíamos citar o perdão, a amizade, a solidariedade, a ternura e compreensão, mas é desnecessário, pois tudo isso é decorrência do AMOR. Quem não tem amor, não poderá manifestar nada disso.

A violência campeia em nosso mundo hoje, e o que presenciamos no nosso dia-a-dia, é semelhante aos piores atos de loucura que a humanidade já registrou. Sequestros, estupros, matar para roubar, tudo é conseqüência do egoísmo incrustado no coração e mente humana.

Alguém tem dúvida que o homem veio a este mundo para doar-se em nome do amor ao seu semelhante? Não o pseudo amor carnal, mas o verdadeiro amor que enxerga além da aparência externa? Ou alguém acredita que veio para ser uma praga na sua família, que terá que matar roubar ou ser um péssimo exemplo de vida para poder se afirmar perante aos outros?

Vamos nos acomodando com as coisas, e com isso esquecemos do que realmente importa para nossa evolução de vida.
Imagine uma sala onde você colocou aquele lindo piso, e cobriu as paredes com os melhores e mais valiosos quadros de arte. Mas depois de pronto, você esquece de fazer a manutenção, e deixa o pó ir se acumulando. Não demorará muito tempo e, o belo piso e os as suas belas artes já não poderão ser mais vistas.
É exatamente isso que acontece conosco quando esquecemos de separar o joio do trigo em nossa vida.

Diariamente convivemos com coisas ruins, ouvimos coisas que nos desagradam. Deixamos entrar nos nossos lares, coração e mente, noticias que ajudam a deteriorar o nosso lado bom. E cada vez mais iremos nos identificando com essas coisas, e elas, como o pó referido acima, vão encobrindo a nossa verdadeira natureza, tornando-nos amargos, violentos e doentes.

A ilusão está tomando conta da mente e coração das pessoas. Veja como é difícil encontrar alguém que sorri para você na rua ou no trânsito. Todos estão com muita pressa. Precisam chegar primeiro em todos os lugares.
As coisas se inverteram e criou-se um padrão superficial de reconhecimento. Julgamos aos outros superficialmente, pois é assim que somos ensinados diariamente a fazer. Você já ouviu aquela expressão: " A PRIMEIRA IMPRESSÃO É A QUE FICA? " Quem inventou isso, deveria se envergonhar, por ter ajudado a difundir a LEI DA DESCARTABILIDADE.

Criamos um padrão cruel, mesquinho e efêmero para julgar o nosso semelhante. Quem se aproxima de nós, a primeira coisa que fizemos, é julgar a casca. A superficialidade predomina em tudo. Quem Não estiver bem vestido, limpinho, e não se encaixa em nosso padrão de beleza, ta fora! Já é descartado.

A mente atrai o semelhante. Se é essa superficialidade que carregamos dentro de nós, é isso que iremos ter como resposta. A conseqüência disso é: atrações a primeira vista, que acabam em péssimos relacionamentos. Como semelhante atrai semelhante, quando encontramos alguém que se acendeu quando nos viu, é sinal que ali tem muita coisa de nós. E isso é bom ou ruim? Depende. O fato é que muitas vezes estamos de saco cheio daquilo que carregamos por muito tempo. Aí explica muitas vezes de relacionamentos com pessoas muito parecidas não darem certo. Muitas vezes estamos cansados de nós mesmos, que almejamos uma grande mudança.

A pressa é inimiga dos bons relacionamentos. Quem não tem tempo para parar, olhar nos olhos e ouvir, não poderá obter também uma boa impressão do seu semelhante. É fácil julgarmos pelo padrão superficial. E o que mais ocorre é as expressões: " NÃO GOSTEI DESSE TIPO", NÃO FUI COM A CARA DELE(A).ESTRANHO NÃO?"

Pois é: vamos continuar por muito tempo ainda usando esse modelo de comportamento, até percebermos que ele é nefasto. Até quando chegarmos no limiar do desconhecido e ficarmos estupefatos ao saber que estivemos perseguindo ilusões. Que enquanto deveríamos estar engajados em nos preparar para o maior, estivemos PRÉ-OCUPADOS com a ilusão do menor.

domingo, 10 de maio de 2009

COM O TEMPO

Com o tempo... Você aprende que estar com alguém, só porque esse alguém lhe oferece um bom futuro, significa que mais cedo ou mais tarde você irá querer voltar ao passado...

Com o tempo... Você se dará conta de que casar, só porque "está na hora",é uma clara
advertência de que o seu matrimônio será um fracasso...

Com o tempo... Você compreende que só quem é capaz de amá-lo com os seus defeitos, sem pretender mudá-lo, é que lhe pode dar toda a felicidade que deseja...

Com o tempo... Você se dará conta de que se você está ao lado de uma pessoa, só para
não ficar sozinho(a), com certeza uma hora vai desejar não voltar a vê-la..

Com o tempo... Você se dará conta de que ter amigos vale mais do que qualquer montante em dinheiro...E entende que os "verdadeiros amigos" se contam nos dedos, e aquele que não luta para tê-los, mais cedo ou mais tarde, se verá rodeado unicamente de amizades falsas...

Com o tempo... Você aprende que as palavras ditas num momento de raiva podem continuar a magoar a quem você disse durante toda a vida...

Com o tempo... Você aprende que desculpar todos o fazem, mas perdoar, somente as "almas grandes" conseguem...

Com o tempo... Você compreende que, se você feriu muito um amigo, provavelmente a amizade jamais será a mesma...

Com o tempo... Você se dá conta de que cada experiência vivida com cada pessoa é insubstituível e única...

Com o tempo... Você se dá conta de que aquele, que humilha ou despreza um ser humano, mais cedo ou mais tarde sofrerá as mesmas humilhações e desprezos,
só que multiplicados...

Com o tempo... Você aprende a construir todos os seus caminhos hoje, porque o terreno do amanhã é demasiado incerto para fazer planos...

Com o tempo... Você compreende que apressar as coisas ou forçá-las, para que
aconteçam, fará com que no final não sejam como você esperava...

Com o tempo... Você se dará conta de que, na realidade, o melhor não era o futuro, mas sim o momento que estava vivendo naquele instante...

Com o tempo... Você aprende que tentar perdoar ou pedir perdão, dizer que ama ou
dizer que sente falta, dizer que precisa ou quer ser, junto de um caixão, deixa de fazer sentido...

Por isso, recorde sempre estas palavras:

"O HOMEM TORNA-SE VELHO MUITO RÁPIDO E SÁBIO DEMASIADO TARDE", exatamente quando "JÁ NÃO HÁ TEMPO"

"Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio"
SALMOS 90:12

Desconheço o autor.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Uma Lenda Chinesa

Era uma vez uma jovem chamada Lin, que se casou e foi viver com o marido na casa da sogra. Depois de algum tempo, começou a ver que não se adaptava à sogra.

Os temperamentos eram muito diferentes e Lin se irritava com os hábitos e costumes da sogra, que criticava cada vez mais com insistência.

Com o passar dos meses, as coisas foram piorando, a ponto de a vida se tornar insuportável. No entanto, segundo as tradições antigas da China, a nora tem que estar sempre a serviço da sogra e obedecer-lhe em tudo.

Mas Lin, não suportava mais a idéia de ter que conviver com a sogra, e tomou a decisão de ir consultar um Mestre, velho amigo do seu pai.

Depois de ouvir a jovem, o Mestre Huang pegou num ramalhete de ervas medicinais e disse-lhe:

- “Para te livrares da tua sogra, não as deves usar de uma só vez, pois isso poderia causar suspeitas. Vá misturando com a comida, pouco a pouco, dia após dia, e assim ela vai-se envenenando lentamente.
Mas, para teres a certeza de que, quando ela morrer, ninguém suspeitará de ti, deverás ter muito cuidado em tratá-la sempre com muita amizade. Não discutas e ajude-a a resolver os seus problemas”
.

Lin respondeu:
- Obrigado, Mestre Huang, farei tudo o que me recomendas”.

Lin ficou muito contente e voltou entusiasmada com o projeto de assassinar a sogra.

Durante várias semanas Lin serviu, dia sim, dia não, uma refeição preparada especialmente para a sogra. E tinha sempre presente a recomendação do Mestre Huang para evitar suspeitas: controlava o temperamento, obedecia à sogra em tudo e tratava-a como se fosse a sua própria mãe.

Passados seis meses, toda a família estava mudada. Lin controlava bem o seu temperamento e quase nunca se aborrecia. Durantes estes meses, não teve uma única discussão com a sogra, que também se mostrava muito mais amável e mais fácil de tratar com ela.

As atitudes da sogra também mudaram e ambas passaram a tratar-se como mãe e filha.

Certo dia, Lin foi procurar o Mestre Huang, para lhe dizer que estava arrependida de tentar matar a sua sogra e disse-lhe:

“Mestre, por favor, ajude-me a evitar que o veneno venha a matar a minha sogra. É que ela transformou-se numa mulher agradável e gosto dela como se fosse a minha mãe. Não quero que ela morra por causa do veneno que lhe dou.”

Mestre Huang sorriu e abanou a cabeça:

- “Lin, não te preocupes. A tua sogra não mudou. Quem mudou foi você. As ervas que te dei são vitaminas para melhorar a saúde. O veneno estava nas tuas atitudes, mas foi sendo substituído pelo amor e carinho que lhe começaste a dedicar”.

Na China, há um provérbio que diz:

“A pessoa que ama os outros também será amada”.


E os árabes têm outro provérbio:

“O nosso inimigo não é aquele que nos odeia, mas aquele que nós odiamos”.

As pessoas que mais nos dão dor de cabeça hoje poderão vir a ser as que mais nos darão alegrias no futuro. Invista nelas...cative-as, ouça-as, cruze seu mundo com o mundo delas.
Plante sementes. Não espere o resultado imediato...colha com paciência.

Esse é o único investimento que jamais se perde. Se as pessoas não ganharem, você, pelo menos, ganhará: Paz interior, experiência e consciência de que fez o melhor.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

NINHO DE COBRAS


"Em um ninho de cobras, você sempre estará sujeito a levar uma picada mortal."

Uma das maiores lições que aprendi na minha vida é que não devemos nos estressar por coisas ou pessoas, que necessariamente terão que seguir sozinhos sem nós um dia.

Depois que atravessarmos as fronteiras do invisível, não poderemos mais defender ou acusar ninguém, portanto, não paga a pena nos estressarmos por nada.

O ideal é vivermos a vida hoje, como se fosse o último dia. Sem magoas do ontem, e sem ansiedades pelo amanhã.

Que o nosso trabalho nos dê prazer. Tanto prazer que até o faríamos mesmo sem ser pagos por ele. Se não é isso que acontece contigo, é porque não estás feliz onde se encontras.

Mas não sejas tolo aponto de deixar que locupletem-se em cima do que é seu por direito. Mas ao defender-se, não se irrite, simplesmente deixe saberem que, por ser bondoso, não significa que você seja tolo.

Em um ninho de cobras, você sempre estará sujeito a levar uma picada mortal.

Portanto, se você sabe disso, não tente mudar o mundo das cobras, porque jamais vai conseguir, pois, elas sempre serão cobras.

Tente mudar o seu mundo, porque esse sim, você consegue.

Se você perceber que está em um ninho de cobras, pegue o seu chapéu e saia de fininho enquanto é tempo, a não ser que você goste de correr riscos, pois, é uma questão de tempo para que sejas atraiçoado pelo ninho.

Quando estiver longe, tente não ficar lembrando a toda hora o que aconteceu, pois isso formaria uma dicotomia mental, e somente roubaria a suas energias.

Ficarmos remoendo magoas do passado, é um sério problema, pois deixamos de viver o presente de forma integral. E isso é bastante prejudicial, pois deixamos de perceber grandes oportunidades que apresentam-se aqui e agora.

Portanto, aprenda a soltar o passado, ele só serve como experiência de vida, mas não é saudável quando temos que carregá-lo como uma carga morta.

Eglitz

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Os milhões da loteria



FÓRUM DE DEBATES E SUGESTÕES SOBRE LOTO FÁCIL E LOTERIAS EM GERAL.

Loto-Fácil

Eu nunca fui apostador assíduo na loteria. O máximo que eu fazia era comprar um bilhete da federal depois de muita insistência do vendedor.
Mas um dia me peguei fazendo cálculos sobre os milhões de dinheiro que se acumulam toda a semana nas loterias brasileiras.

Toda a regra há exceção.

Sei que muita gente questiona o hábito de jogar em loterias como sendo uma coisa ruim, um vício, pelo fato de ser considerado um jogo de azar.
Confesso que eu tinha o mesmo conceito, sem contar o fato de pensar que era quase impossível ganhar algum dinheiro na loteria.
Esse conceito não é de todo equivocado, se partirmos do pressuposto que toda a loteria foi criada para dar mais lucro aos seus idealizadores e não aos apostadores.
Mas, se foi criada como regra para a loteria, de fazer com que seus apostadores percam mais que ganhem, não podemos esquecer que : “Toda a regra há exceção.”
E foi em cima dessa exceção que eu alimentei a esperança de estudar, analisar, e se não fosse uma pretensão descabida, tentar encontrar uma fórmula, método ou esquema que pudesse pelo menos recuperar um pouco do dinheiro investido, e quem sabe obter algum lucro.

Uma Loteria em especial.

Escolhi a Loto fácil, justamente pelo fato de seus criadores a terem batizado com esse nome.
Sempre imaginei que os idealizadores das loterias não eram pouca coisa em matéria de programação. E se eles deram esse nome a essa loteria, é porque sabiam que existia nela uma chance muito maior dos apostadores obterem algum lucro.

As pesquisas.

Ative-me por horas, dias e noites analisando as dezenas sorteadas em todos os concursos passados, para ver se encontrava algum padrão repetitivo.
E eles existem! Estão por toda a parte, mas ficam dançando e se apresentam de forma sutil.
É preciso ter paciência para encontrá-los.
Ninguém com uma voracidade infantil vai conseguir enxergar os detalhes sutis que se apresentam.
Com paciência e dedicação você consegue perceber a dança dos números.

Os Programas.

Tentei conseguir algum programa que me ajudasse a desenvolver uma aposta otimizada, e que me trouxesse algum lucro. Mas, fiquei bastante frustrado com a maioria que consegui experimentar, pois no fim o lucro que eles realmente davam era para quem os vendia.
Então encontrei para mim, diga-se de passagem, a melhor ferramenta para fazer esses tipos de cálculos: O EXCEL! Isso mesmo.
Tem coisa mais eficiente do que você ficar raciocinando e fazendo planilhas, simulando sorteios, buscando as melhores combinações, sabendo quantas vezes teria ganho se tivesse jogado essa combinação? Qual a freqüência que algumas dezenas aparecem nos sorteios. Para mim, ajudou e muito no entendimento da maneira correta de apostar.

As planilhas que elaborei.

SIMULADOR LOTOFÁCIL - Confere a aposta, faz simulações para encontrar a melhor
combinação. Mostra as dezenas que não entraram na combinação escolhida. Mostra as dezenas que saem somente em determinadas posições. Tem conferidor para até 3005
combinações.

SIMULADOR DA MEGA SENA - SIMULADOR DA LOTOMANIA - SIMULADOR DA QUINA -
Depois do grande sucesso do simulador da LOTOFÁCIL, usei o mesmo modelo para
elaborar estes. Que podem ajudar bastante na hora de escolher as melhores dezenas.

SIMULADOR DE COMBINAÇÕES LOTOFÁCIL -
Este sim é para aqueles que gostam de pesquisar. Faz simulações com mais de 15 dezenas. Mostra quantas vezes elas saíram e
premiaram com 11, 12, 13, 14 e 15 pontos.

Não quero e nem vou alimentar falsas expectativas dizendo que da pra fazer esquemas infalíveis, porque então, isso seria uma grande mentira.

ESQUEMAS INFALÍVEIS NÃO EXISTEM!!! Se conseguíssemos encontrar um esquema infalível de sempre ganhar na loteria, o que aconteceria é que acabaríamos com ela. Pois, "o sistema de loterias foi criado para sempre dar mais lucros a quem o criou, e não para nós apostadores". Mas, isso não nos tira a oportunidade de elaborarmos esquemas e métodos que sejam capazes de nos aproximar da chance de ganharmos com mais frequência.
Obs:
Visitem o fórum, que encontrarão muitas planilhas que distribuo gratuitamente.